COMPARTILHE

A Secretaria da Saúde do Estado, por meio da Coordenação do Programa Estadual de Imunização, está fazendo um alerta para os Núcleos Regionais de Saúde, no sentido de buscarem estratégias para a imunização dos recém-nascidos com as vacinas BGC e Hepatite B, que devem ser aplicadas, preferencialmente, até 12 horas após o nascimento.

De acordo com a coordenadora de Imunização da Sesab, Vânia Vanden Brouke, “em consonância com as recomendações do Programa Nacional de Imunizações e as Sociedades Brasileira e Baiana de Pediatria, todos os municípios do Estado devem adotar estratégias de vacinação de rotina nas maternidades, como forma de proteção do referido público alvo”.

A recomendação da Sesab leva em consideração o atual cenário epidemiológico da Bahia, com a comprovada transmissão comunitária do Covid-19, buscando, dessa forma, minimizar os riscos para as populações, sobretudo as mais vulneráveis. A imunização oportuna dos recém-nascidos ainda nas maternidades, evita deslocamentos desnecessários para unidades de saúde e os consequentes riscos de transmissão do coronavírus.