COMPARTILHE

De acordo com as orientações da ANVISA, e as determinações do Ministério da Saúde, quem tiver sido imunizado com a vacina baseada em vírus inativado contra a Covid-19, deve aguardar entre dois e sete dias para fazer a doação de sangue. Ou seja, no caso da vacina CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan), recomenda-se 48 horas depois da aplicação do imunizante. Para a vacina Covishield (AstraZeneca/Oxford/Fiocruz), o prazo é de sete dias. Para as pessoas que desenvolveram sintomas ao receber a vacina contra o vírus Sars-CoV-2, deve-se aplicar por precaução, um adiamento da doação de sangue por até sete dias, após o fim dos sintomas1,2.

 

Referências

1.Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. NOTA TÉCNICA Nº 12/2021/SEI/GSTCO/DIRE1/ANVISA. Processo nº 25351.902684/2021-60: Orientação sobre inaptidão temporária para doação de sangue de candidatos que foram submetidos a vacinação contra a Covid-19 e outras recomendações. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/centraisdeconteudo/publicacoes/sangue-tecidos-celulas-e-orgaos/notas-tecnicas/nota-tecnica-12-2021-gtsco. Acesso em: 29/06/2021.

2.Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria da Saúde. Vacina contra Covid-19 gera inaptidão para doação de sangue que pode chegar a sete dias. Disponível em: < http://www.saude.ba.gov.br/2021/02/04/vacina-contra-covid-19-gera-inaptidao-para-doacao-de-sangue-que-pode-chegar-a-sete-dias/>. Acesso em:27/07/2021.