COMPARTILHE

A infecção pela bactéria Neisseria meningitidis (NM) ocorre de forma endêmica em todo o mundo e, no Brasil, é o patógeno mais frequentemente envolvido nos casos de meningite bacteriana. A NM é classificada em 12 diferentes sorogrupos, de acordo com a composição antigênica da cápsula polissacarídica, sendo que os sorogrupos A, B, C, Y, W e X são responsáveis por praticamente todos os casos da doença. Sendo assim, a vacina MenACWY (conjugada) confere proteção para alguns sorogrupos com importância epidemiológica na distribuição da doença meningocócica, destacam-se seis (A, B, C, Y, X, W), sendo que a ocorrência de cada um varia conforme o País ou Região no mundo¹. No caso da meningocócica C conjugada, esta vacina previne contra doenças causadas pelo meningococo C (incluindo meningite e meningococcemia), essa vacina contém antígeno formado por componente da cápsula da bactéria (oligossacarídeo) do sorogrupo C conjugado a uma proteína².

Referência Bibliográfica

1. Brasil. Ministério da Saúde. Orientações técnico-operacionais para a Vacinação dos Adolescentes com a Vacina Meningocócica ACWY (conjugada), Brasília, 2020.

2. Sociedade Brasileira de Imunização. Vacina meningocócica C conjugada. Disponível em: <https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis/vacina-meningococica-c-conjugada>. Acesso em: 14/05/2020.

Teleconsultoria respondida por: Elis Carla C. M. Silva, Enfermeira, Teleconsultora Enfermeira do Telessaúde BA-FESF-SUS/SESAB, Graduação em Enfermagem pela UFS, Especialista em Atenção Básica com ênfase em Saúde da Família pela UFMGS, Especialista em Micropolítica da Gestão e do Trabalho em Saúde pela UFF.