COMPARTILHE

No caso da “amostra parcialmente obscurecida por áreas purulentas” ela pode ser caracterizada como uma amostra “satisfatória, porém limitada para avaliação” ou uma amostra “insatisfatória” para avaliação. Em ambas as situações há necessidade, o mais breve possível, da repetição do exame, uma vez que o estudo oncológico foi comprometido ou não foi possível a análise, respectivamente”1.

A causa da secreção parcialmente purulenta deve ser tratada para que possa ser repetido o exame.

 Bibliografia selecionada

1.Brasil. Ministério da Saúde. Caderno de Referência 1: Citopatologia Ginecológica/ André Luiz de Souza Barros, Daisy Nunes de Oliveira Lima, Michelle Dantas Azevedo, Micheline de Lucena Oliveira – Brasília: Ministério da Saúde; Rio de Janeiro: CEPESC, 2012.

2._____. Ministério da Saúde. Protocolos da Atenção Básica : Saúde das Mulheres / Ministério da Saúde, Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa – Brasília : Ministério da Saúde, 2016. 230 p. : il.

 

Teleconsultoria respondida por: Elis Carla C. M. Silva, Enfermeira, Teleconsultora Enfermeira do TelessaúdeBA /SESAB, Graduada em Enfermagem pela UFS, Especialista em Atenção Básica com ênfase em Saúde da Família pela UFMGS e Especialista em Micropolítica da Gestão e do Trabalho em Saúde pela UFF.