COMPARTILHE

Solicitação deve ser feita até 14 de julho pelo e-Gestor. Objetivo é conectar 16 mil unidades básicas de saúde

Está disponível no e-Gestor o Módulo de Adesão ao Projeto Conectividade, que permite aos gestores municipais solicitar acesso à internet para as unidades básicas de saúde (UBS). A solução foi desenvolvida em parceria entre o Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS/SE) e do Departamento de Saúde da Família (DESF/Saps), e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Comunicação, por meio da Rede Nacional de Pesquisa e Ensino.

O objetivo é informatizar as cerca de 16 mil UBS que ainda estão sem conexão, considerando a Estratégia de Saúde Digital (ESD) e a crise emergencial ocasionada pela covid-19. Entram nessa categoria as unidades que não enviaram as informações da Atenção Primária pelo Sistema de Informação de Atenção Básica (Sisab) por três meses consecutivos, desde que o não envio tenha sido causado por falta de acesso à internet.

Será realizada a contratação de provedores privados para essas UBS que não dispõem de conexão adequada, visando a gestão integral do Sistema Único de Saúde (SUS), centralizando e qualificando as informações, e facilitando o dia a dia de pacientes, profissionais de saúde e gestores. Mas atenção: a adesão não é automática, e os gestores municipais têm até o dia 14 de julho para solicitar.

Siga o passo a passo:

  1.  Acesse o e-Gestor com seu login e senha;
  2. Clique no Módulo de Adesão ao Projeto Conectividade para fazer a adesão;
  3. Indique quais unidades irão participar do projeto, e, caso não haja interesse, é necessário justificar;
  4. Atualize os dados de contato para que a empresa efetive a conexão na UBS indicada;
  5. Confirme o aceite no termo de compromisso

Saiba mais

Aproximadamente 8.780 unidades básicas de saúde já contavam com conexão à internet antes do início do Projeto Conectividade APS. Até hoje, 1.527 UBS foram conectadas pelo projeto, 216 estão em processo de instalação e 2.501 estão em processo para chamadas futuras.

O Projeto Conectividade APS tem como missão oferecer condições aos gestores para conectar as UBS da região. Além da instalação da rede, há um acompanhamento técnico de um ano, sem custos para a gestão municipal. Ao fim deste prazo, a responsabilidade para a continuidade da conexão caberá ao gestor.

O módulo lançado no e-Gestor visa coletar e atualizar os contatos das UBS, facilitando a comunicação entre os gestores das unidades e os provedores de conexão, diretamente ou por intermédio da RNP – atualmente, 2.721 UBS estão sem contato, ou seja, a Central de Apoio não conseguiu contato com a gestão municipal para fazer a instalação.

Fonte: Portal da Atenção Básica/Ministério da Saúde