COMPARTILHE

A realização do procedimento de teste sorológico para a COVID-19 passou a ser registrado no Sistema e-SUS a partir do dia 20 de maio de 2020, com a publicação da Portaria nº 464 do Ministério da Saúde, incluindo o exame para o diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2 na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPM) do Sistema Único de Saúde (SUS), no site: http://sigtap.datasus.gov.br/.

Deste modo a Atenção Básica passa a incorporar o procedimento código SIGTAP: 02.14.01.016-3 – TESTE RÁPIDO PARA DETECÇÃO DE SARS-COV-2, que consiste de testes sorológicos desenvolvidos para detecção de anticorpos IGG e IGM ou detecção de antígenos específicos do SARS-COV-2.

Os testes rápidos são aqueles cuja execução, leitura e interpretação dos resultados são feitas em, no máximo, 30 minutos. Além disso, são de fácil execução e não necessitam de estrutura laboratorial. A implantação dos testes rápidos na Atenção Primária à Saúde, do Sistema Único de Saúde (SUS), forma o conjunto de estratégias que tem como objetivo a qualificação e a ampliação do acesso da população brasileira ao diagnóstico.

REGISTRO DO SISTEMA COLETA DE DADOS SIMPLIFICADA (CDS)

Utilizar a Ficha de Procedimentos:

Todos os profissionais de nível superior são habilitados a preenchê-la (médico, enfermeiro, fisioterapeuta, nutricionista, etc.) ou de nível médio (técnicos e auxiliares de enfermagem) da área da saúde, com exceção da equipe de Saúde Bucal (que utiliza a Ficha de Atendimento Odontológico Individual) e dos agentes comunitários de saúde.

  • Preencher o cabeçalho da ficha, identificação do profissional e lotação;
  • Registrar o CNS ou CPF, data de nascimento, sexo do usuário e local de atendimento;
  • Acrescentar o código SIGTAP do teste de detecção de SARS-COV-2 (02.14.01.016-3).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REGISTRO DO SISTEMA PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO CIDADÃO (PEC)

Na utilização do método SOAP, o campo adequado para registros de testes rápidos ou outros exames é no campo “OBJETIVO” Exames solicitados e / ou avaliados, clicando em ADICIONAR.

 

 

 

 

 

 

Em seguida escolha o teste desejado e inclua as datas de solicitação, realização do exame e a data do resultado. No campo aberto de descrição informe o resultado do teste rápido e clique em salvar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O monitoramento do número de testes realizados ocorre por meio dos Relatórios de Produção, opção – Procedimentos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Atenção: Mantenha sempre atualizado a versão do seu Sistema e-SUS, disponível no site: https://aps.saude.gov.br/ape/esus/download

 

Educação Permanente:

 Podcast: Testes para detecção da COVID-19

Link: https://soundcloud.com/user-549068405/testes-para-deteccao-da-covid-19?in=user-549068405/sets/coronavirus

Webpalestra: Testes rápidos na Atenção Básica

Link: https://www.youtube.com/watch?v=0WWVqadhcKM

 

 Referências:

BRASIL. Ministério da Saúde: PORTARIA Nº 464, DE 20 DE MAIO DE 2020. Inclui exames para o diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2 na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPM) do Sistema Único de Saúde (SUS). Disponível em: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-464-de-20-de-maio-de-2020-258043581

BRASIL. Ministério da Saúde: Manual para Preenchimento dasFichas de Coleta de Dados Simplificada-CDS (versão 3.0). Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/Manual_CDS_3_0.pdf

BRASIL. Ministério da Saúde: MANUAL DE USO DO SISTEMA COM PRONTUÁRIO ELETRÔNICO DO CIDADÃO – PEC (versão 3.2). Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/documentos/esus/Manual_PEC_3_2_22.pdf