COMPARTILHE

A identificação dos contatos de pacientes com tuberculose é um processo sistemático através de entrevista com o caso índice para obter os nomes, as idades e a avaliação de risco dos contatos para determinar a priorização da avaliação clínica.1

Diante da identificação dos contatos, orienta-se proceder com os seguintes critérios para priorização da avaliação dos contatos:1

– pessoas de todas as idades com sintomas sugestivos de TB;

– crianças menores de cinco anos de idade;

– pessoas vivendo com HIV;

– pessoas portadores de condições consideradas de alto risco, com comprometimento imunológico conhecido ou suspeito;

– contatos de casos índice com TB MDR ou TB XDR (comprovada ou suspeita).

DeCS/MeSH:Tuberculose. Portador Sadio. Crianças. Infecções por HIV.

 

Referências

1Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose no Brasil. Brasília: Ministério da Saúde; 2019.