COMPARTILHE

A Organização Mundial da Saúde (OMS) define saúde mental como o estado de bem-estar no qual uma pessoa consegue desempenhar suas habilidades e lidar com as inquietudes da vida sendo capaz de trabalhar de forma produtiva contribuindo para a sua comunidade.

Segundo a OMS, mais de 300 milhões de pessoas incluídas em diferentes faixas etárias, raças, etnias e classes sociais sofrem com doenças mentais em todo mundo, sendo a depressão, ansiedade e a síndrome do pânico as principais doenças que afetam a população.

No Calendário da Saúde brasileiro, o mês de janeiro é escolhido como mês de discussão da saúde mental sendo intitulado de “Janeiro Branco”. A escolha pelo primeiro mês do ano, para essa discussão, ocorre por sua simbologia e por culturalmente a população estar mais disposta a pensar suas vidas, suas relações coletivas, existenciais e por estarem mais dispostas a recomeçar com novos planos e novos estilos de vida. A Campanha Janeiro Branco busca promover o compartilhamento de informações sobre as doenças mentais, chamando a atenção para o tema da saúde mental na vida das pessoas.

A atenção básica e seus profissionais tem papel muito importante no acolhimento dessas pessoas e de seus familiares, especialmente no que diz respeito ao que pode-se fazer em prol do combate ao adoecimento do indivíduo. Desse modo, reunimos alguns materiais para apoiar a formação continuada dos profissionais de saúde, a fim de que a prática de hábitos saudáveis e a adoção de um estilo de vida com qualidade sejam estimulados aos usuários da rede tanto neste mês quanto nos próximos 11 meses do ano.

Reservem um tempo e confiram!

Webpalestras:

1. Webpalestra: Acolhimento à pessoa em sofrimento mental

2. Espaços formativos-ativos: práticas e vivências em dispositivos da rede substitutiva.

3. Desmistificando o cuidado em saúde mental e o manejo de psicofármacos.

Confira a playlist completa dew webpalestras em:

4. Cadernos de Atenção Básica N° 34